Publicado en línea el Viernes 11 de septiembre de 2020, por Metropoles

O mercado de televisores está, definitivamente, entrando em uma nova era. Depois da evolução dos formatos, quando os consumidores acompanharam as TVs ganharem polegadas ao mesmo tempo que ficaram mais finas, é a vez dos recursos de inteligência artificial e de assistentes de voz desembarcarem nos displays. Além de oferecerem facilidades e comodidades em tempos de casa integrada, os recursos atuam diretamente em um quesito que, no fim das contas, é determinante para o encantar o consumidor: a qualidade de imagem.Uma expoente desse movimento é a TV LG Oled 4K CX, modelo recém-lançada no Brasil e que o Metrópoles teve a oportunidade de testar. Ao contrário das telas de LED, que precisam de um backlight para emitir luz, o equipamento é fabricado com tecnologia Oled com pixels individuais que se autoiluminam. Isso possibilita duas vantagens imediatas, que podem ser sentidas na espessura do display – muito mais finas – e na resolução das cenas exibidas.Um diferencial da Oled é que os pixels são acionados de forma individual. No caso da resolução 4K, são 8,3 milhões de pixels que atuam de forma individual, respondendo da melhor forma às necessidades das imagens exibidas. Com isso, o modelo da LG oferece o que se chama no mercado de “preto verdadeiro”, exibindo importantes detalhes escondidos em cenas mais escuras, com um contraste perfeito, muito mais brilho, cores realistas e texturas de impressionar. Bem diferente dos tons mais acinzentados visto em televisores que utilizam outras tecnologias no painel.Double Vision IQA LG 4K CX (leia-se C10) chega para substituir a C9 e conta com Dolby Vision, tecnologia que atua como uma evolução do HDR10. A ideia é usar a funcionalidade para aprimorar as imagens exibidas, destacando cores e contrastes, além de dar mais brilho às áreas claras e realçar o preto existente nas regiões escuras.A grande vantagem desse tipo de solução frente ao HDR10 é que ela é capaz de alternar a intensidade do alcance dinâmico de acordo com as exigências do conteúdo que é exibido na tela, tudo em tempo real e se ajustando às necessidades de cada cena. Além disso, ao contrário do recurso antecessor, que tem como padrão 1.000 nits (unidade de medida para brilho), o Dolby Vision tem o diferencial de suportar formatos com até 10.000 nits.Tudo isso é traduzido na qualidade da imagem muito superior ancorada pelo novo processador α9 Gen3 AI. O coração da TV tem a função de mapear com algoritmos, a partir de um banco de dados, todos os pontos visuais da tela. Com isso, ele “aprende”, reconhece e identifica as melhorias que precisam ser feitas para otimizar o contraste e a saturação, além de reduzir qualquer ruído existente.Um ponto interessante é que o equipamento consegue averiguar o tipo de iluminação existente no mesmo ambiente em que a TV está instalada e promover ajustes automáticos para manter os níveis de brilho e luminosidade ideais para proporcionar uma melhor experiência visual.De acordo com Igor Krauniski, gerente geral de produtos televisores da LG Electronics do Brasil, esse tipo de solução que “pensa e analisa” as melhores configurações para o usuário tende a se consolidar nos próximos anos. “Antes o consumidor chegava em uma loja e perguntava se a TV vinha com Netflix. Acredito que, a partir de agora, vamos ver cada vez mais as pessoas perguntando se os equipamentos contam com recursos como inteligência artificial e assistente por voz. É um novo marco do mercado”, explica.Design premiumO modelo é bem fino, tendo apenas 2,5 mm de espessura, além de bordas quase inexistentes, o que ressalta ainda mais a beleza da tela Oled. O equipamento é ideal para ser colocada na parede, pois, fica bem rente e garante um visual bastante bonito ao ambiente. Porém, quem preferir utilizá-la sobre um rack, a base metálica tem linhas retas e discretas, o que dá um aspecto moderno ao equipamento.O acabamento fino e a utilização de materiais robustos e brilhosos na produção reforçam a proposta premium do televisor. As principais portas de conexões estão posicionadas na lateral (entradas HDMI e USB) e na parte traseira (conexões de áudio, HDMI e USB). Nesse quesito, a LG poderia ter evitado o acesso por trás, já que dificulta a conexões de cabos quando a TV está instalada na parede.Áudio primorosoA sul-coreana realizou um excelente trabalho no que diz respeito ao sistema de som. A inteligência artificial revela todo o seu valor por meio do AI Sound Pro, tecnologia capaz de realizar melhorias impressionantes por meio de deep learning. Entre outras coisas, o processador analisa mais de 17 milhões de dados sonoros e identifica vozes, efeitos e frequências para otimizar o som de acordo com o gênero do vídeo que está sendo transmitido. Por exemplo, ao assistir um noticiário, a voz do jornalista ganha destaque. No entanto, se o conteúdo for uma apresentação musical, o som dos instrumentos e dos gritos do público é que ganha relevância.Além disso, a linha CX consegue converter artificialmente o som de dois canais (que emitem uma potência de 40W) para simular um som surround 5.1 virtual. O modelo também utiliza o controle remoto para realizar um ajuste acústico por meio de IA. Dessa forma, mapeia o tamanho da sala, a posição da TV e o local onde o telespectador está sentado, equilibrando o som de forma personalizada para cada espaço.No fim, todo esse trabalho invisível realizado pelos algoritmos do processador α9 Gen3 AI resulta numa experiência sonora bastante impressionante e que permite aproveitar o equipamento em uma sala de tamanho médio sem a obrigatoriedade de uso de uma soundbar.Funções e ThinQ AIO sistema operacional WebOS 5.0 é um dos mais práticos disponíveis no mercado e praticamente não exige uma curva de aprendizado por parte de novos usuários. A barra de navegação traz os ícones dos apps mais conhecidos, como Netflix, Amazon Prime e Apple TV (todos com pré-visualização de conteúdo) e os recursos principais do menu de configuração.É possível organizar a ordem de exibição dos aplicativos mais acessados ou permitir que o próprio sistema faça a disposição definida de acordo com a rotina de uso da própria pessoa.Um recurso interessante é o aviso de esporte, em que o usuário define as equipes e modalidades esportivas favoritas e a TV emite um alerta no momento em que uma partida está prestes a começar. Tem jogos de futebol (nacional e internacional), NBA, futebol americanos e outras competições.TV LG OLED55CX 4KR$ 6.174,99ComprarO assistente de voz pode ser feito pressionando o botão do Magic Control. Em todas as pesquisas o desempenho foi bastante preciso. Ao utilizar a Alexa, por exemplo, o resultado vem acompanhado, não só da famosa voz da Amazon, mas de representações gráficas estampadas na tela. Basta perguntar sobre a previsão do tempo que a resposta é exibida com sol, nuvem, vento e índices.Mais sobre o assuntoCiência e TecnologiaTCL lança televisores Qled 8K e 4K, com sistema operacional AndroidNovo portfólio de TVs conta com os modelos Qled C715, a Qled 8K X915 e full HD 4K P715Ciência e TecnologiaSamsung lança linha 2020 de TVs Qled 8K e nova tecnologia 4K Crystal UHDOs aparelhos apostam no design moderno e na alta tecnologia de inteligência artificial. Ao todo, são 8 tamanhos diferentes entre 43″ e 85″Como tenho um Echo Studio em casa, consegui sincronizar a LG CX ao dispositivo e acionar comandos por voz como ligar, desligar e controle de volume. A fabricante também oferece o aplicativo LG ThinQ, que permite executar outras ações no televisor e ainda integrar aparelhos inteligentes da marca, como ar condicionado, lavadora, etc.GamesApesar de não ter sido submetida a testes com games, a LG CX oferece suporte a G-Sync Nvidia, tecnologia que permite que o monitor trabalhe com taxas variáveis de frequência, sincronizadas com a GPU. Segundo a fabricante, isso traz alguns resultados que impactam diretamente na experiência do jogador, como transições de cenas mais dinâmicas, sem travamentos, lags e tempo de resposta de 1ms. Também oferece compatibilidade com recursos VRR, ALLM e eARC, todos atendendo às especificações HDMI 2.1.Para concluir, a LG CX é, sem dúvida, um dos melhores modelos que já passaram pelos testes do Metrópoles. A tecnologia Oled aliada ao poder da inteligência artificial garantem um nível de realismo impressionante, próximo à perfeição. O contraste oferecido pelo preto verdadeiro, as cores vivas e a nitidez impecável revelam que o modelo é ideal para quem gosta de assistir filmes e séries produzidas em alta qualidade. Por fim, o sistema de som, a excelente navegabilidade e o bom conjunto de recursos fazem da TV um dos principais lançamentos de 2020.

Fonte: Metropoles

The post TV LG Oled 4K CX seduz com inteligência artificial e imagem de cinema appeared first on Adital .


[ Imprimir este artículo ] [ Enviar a un amigo ] [ Ir a la cabecera ]
 

 
 

   APPS

   ASIA

   DEMOCRACIA

   DERECHOS HUMANOS

   DESARROLLO/GLOBALIZACIÓN

   DIÁLOGO NORTE-SUR

   ECOLOGÍA VS ECONOMÍA

   ENLACES - LINKS

   ESTADÍSTICAS

   EUROPA

   LATINOAMÉRICA

   OLVIDADOS POR LA HISTORIA

   SOLIDARIDAD

   TRIBUNA LIBRE



LISTA DE CORREO


�Desea participar al enrequecimiento de esta p�gina?

�Quiere denunciar alguna situaci�n?

Env�enos su art�culo a esta direcci�n de correo electr�nico:

   webmaster@respublicae.org

[ Mapa del sitio ] [ Ir a la cabecera ]

 


 
En la misma sección

Leer otros artículos :
Pourquoi les « Panama Papers » ?, par Thierry Meyssan
12/05/16 - La cobranza por servicios de salud lesiona los derechos sociales. Entrevista con Veralice Maria Gonçalves (IHU/Adital)
FedEx cria sistema de rastreio avançado com sensores Bluetooth
Israël, permis de tuer, par Manlio Dinucci
Demanda por petróleo pode perder força no restante de 2020
Manifestations anti-gouvernementales dans le Khorassan iranien
Soutenir l’avenir de la Syrie et de la région : déclaration des co-présidents
La réécriture du massacre du Sinjar
Libia: Periodista detenido desde diciembre tras ser acusado de difamación por publicar un artículo sobre la corrupción
Google Un día sombrío para la libertad en Internet si el gigante tecnológico acepta la extrema censura china

EN LA RED :
Karabagh : la Grèce, la Russie et la Turquie se préparent à entrer en guerre
L’Éducation nationale a-t-elle perdu la tête ? Ou bien est-ce la France tout entière ?, par Arno Mansouri
Propagande : appel d’offres de l’Otan
La Russie reprend les combats à Idleb (Syrie)
Une gifle cinglante pour la « coalition occidentale », par Général Dominique Delawarde
Le président Sarkissian reçu à l’Otan
La Turquie se prépare à une riposte russe en Syrie
Déclaration de la Russie concernant la prolongation du Traité START

[ Ir a la cabecera ]
 

Portada En breve Mapa del sitio Redacci�n


Respublicae.Org es un portal abierto que se nutre de los trabajos de muchos colaboradores ben�volos externos, de diferentes origen e ideolog�a. Por lo tanto, los administradores de este portal no se hacen responsables de las opiniones vertidas en los art�culos que aqu� se publican.
Copyright © RESPUBLICAE.ORG 2003-2007
Sitio web desarrollado con SPIP, un programa Open Source escrito en PHP bajo licencia GNU/GPL.
Dise�o © Drop Zone City & Respublicae.Org